segunda-feira, dezembro 11, 2006

patrões ficaram devem 2,6 milhões de euros

Entre Janeiro e Setembro deste ano, foram detectados 2,6 milhões de euros em dívidas que se referem a salários, subsídios, horas extraordinárias e prémios em atraso. À segurança social, estão por pagar mais de 750 mil euros.Nas mais de 40 mil vistorias que fez em todo o país, a Inspecção de Trabalho detectou mais de 9.200 infracções, que podem render já este ano, 11 milhões de euros ao Estado.
Ler mais aqui .
.

Sem comentários: