sábado, setembro 20, 2008

O Rumo de Portugal

É triste ver o rumo que o nosso País está a levar, mais pobreza, mais desemprego, mais criminalidade.
Polícias sem meios para agir, suicidam-se, este ano ocorreram dez suicídios ( que se saibam), por outro lado os polícias prendem os criminosos, e no dia seguinte algum tribunal os solta.
Anunciam agora que um grupo de treze criminosos vindos de uma favela do Brasil, que estão agora em Setúbal, querem formar um comando criminoso. o MAI esquiva-se a comentar. ( link AQUI ).
A criminalidade irá aumentar cada vez mais. ( Link AQUI ).

O Governo está-se nas tintas, eles querem combater o excesso populacional, por isso não apoiam casais que fazem filhos, não apoiam a natalidade, encerram maternidades e incentivam o aborto, dando subsídios a quem abora em clínicas privadas.
Por isso, também, deixam os criminosos matar as pessoas, e deixam-nos em liberdade.
E as recentes acções políciais, são apenas "show off", as prisões estão sobrelotadas, aposto que estes ladrões capturados recentemente, daqui a uma semana estão na rua a fazer mais assaltos.
O povo que morra, que aguente os assaltos, que o governo está se nas tintas, o governo quer é saquear $, os bancos querem é penhorar casas e vendê-las em leilões.
E assim vai Portugal, pelo ralo abaixo...

Não me admiro nada, que daqui a uns meses comece a surgir um novo tipo de crimes, os sequestros para pedir resgate às famílias.
Por enquanto os criminosos assaltam os pequenos, mas um dia eles terão mais armamento, mais meios, mais indivíduos, serão grupos criminosos de 50 ou 70 indivíduos, armados até aos dentes, e um dia eles vão chegar à classe alta, ao jet set e aos políticos, e aí quando os políticos se preocuparem com o assunto ( porque lhes chegou aos calcanhares) já nada poderá ser feito.

1 comentário:

Anónimo disse...

Penso exactamente o mesmo infelizmente..