sexta-feira, junho 10, 2005

Sampaio apela á compreensão dos Portugueses

Mais uma vez, o presidente Sampaio apela á compreensão dos portugueses, que compreendam que são necessários esforços, apertar o cinto, fazer sacrifícios.
É muito bonito isso, enquanto nós sofremos e pagamos mais impostos e ficamos mais POBRES.
ele, presidente, ganha mensalmente o salário de presidente e ainda uma pensão de 2000 euros.
E ainda nos vem falar de sacrifícios ?
enquanto nós pagamos impostos mais elevados, gasolina mais cara, ficamos mais pobres, eles engordam á nossa custa alguns milhões de euros.
Falam em fazer sacrificios mas eles têm dois ou três salários mensais !

3 comentários:

Filipw disse...

è verdade... há muita hipocrisia :( ! Ele e os outros podem ter esse dinheiro todo enquanto que eu para o ano vou ter que trabalhar de graça!!! pois vou estagiar e agora os estágios n vão ser pagos! e ainda tenho q pagar a propina para a faculdade por cima pois o estagio é considerado parte do curso! Ou seja, se n me sujeitar a isso fico sem curso e andei 4 anos na faculdade a perder tempo!!!! é uma vergonha!!!!!

silvio disse...

Ou seja, pagas para trabalhar no estágio !?
É o que eu sempre digo, o governo está a dificultar o acesso aos estudos, fazem essas coisas e outras.
fecham escolas nas aldeias e cidades pequenas, etc.
E por exemplo, só os filhos de políticos e ricaços podem ter acesso a universidades privadas ,depois tiram bons cursos e ganham bons empregos.
Pessoas como tu, e eu e os de classe média, não convêm ao ESTADO que ocupem esse slugares percebes? Os filhotes de gente importante é que têm que ter acesso a estudos e a esses bons empregos.

Porque é que achas que cada vez é mais dificil pagar estudos aos filhos? livros de escola para criança custam uns 25 euros cada livro. enfim.. isto tudo são políticas para dificultar o acesso da classe média aos estudos .

Filipe disse...

é isso mesmo... parece q há de facto uma conspiração para acabar com a qualidade da educação... n apenas nas universidades mas tb nas escolas... aliás é uma verdadeira guerra à classe média... posso dizer q senti isso n pele...