sexta-feira, junho 02, 2006

Acabou a "mama" no trabalho

Ontem cortaram-me a net no trabalho. Poderia parecer sensato, mas não é, tendo em conta que sou segurança lá há seis anos no edificio, sempre tive net, durante a noite a net é uma companhia. Agora fico a olhar para as paredes a contar mosquitos ! Mas é algo suspeito, durante seis anos nunca houve problemas com a net, mas agora o engº responsável pelo departamento informático é outro, um betinho, muito branco, pálido, de óculos, magro, alto, quase 1,9metros, betinho, cortou a net, ele sabia que eu tinha um site de conspiração, aliás eles sabem os sites que eu visito. Começaram por sugerir o meu site ao serviço de filtragem web, "websense", e uma vez vi o site catalogado na categoria "violence", bloqueado. Após contactar os gajos do websense, desbloquearam o site. Depois, ontem, o sacana foi ao computador e cortou a net, disse que o pc não era para lazer, e eu disse "mas estou aqui há seis anos, agora que você está cá é que há problemas, antes não? Durante a noite aproveito para responder emails, ler, é uma companhia". O gajo não respondeu, senti uma vontade irresistível de lhe apertar o pescoço, mas tive que me controlar. Horas depois o larilas saiu, para casa, perguntou-me "Você tinha um blog ?" Em tom de gozo , eu disse "Tinha não, Tenho ! E tenho site, forum, contactos, não preciso desta m*rda, tenho net em casa!", e o larilas saiu...
-E pronto, eu sabia que mais cedo ou mais tarde acontecia.. Este tipo de perseguição. Eu tenho net em casa, mas o tempo é escasso, para responder emails, actualizar o blog, site, forum, ler textos, etc. A net no trabalho desenrascava-me, e era uma companhia durante a noite, mas aqueles diabretes lembraram-se de cortar. Mas a net do engº larilas continua a funcionar, obviamente, quando ele fica no trabalho até às 03h00 da manhã provavelmente não é a trabalhar, é a surfar em sites gay, e eu fico a noite das 00h00 às 08h00 sem net :-(
.

Sem comentários: