terça-feira, setembro 20, 2005

Militares Portugueses sob controle?

Olá, este é um tema um pouco complicado, e não estou 100% informado, mas...
O Governo e os chefes militares NÃO QUEREM que os militares façam quarta-feira uma manifestação.
Dizem que quem participar na manifestação violará a Lei. O ministro da Defesa, Luís Amado, diz que os militares que se atreverem a sair à rua vão ser alvo de procedimentos disciplinares.

Agora eu digo:
E Aqueles ministros e juízes que são caços a 200km/hora nas estradas? Não violam a Lei?
E os políticos que metem $ ao bolso, não violam a Lei?
Os militares não podem fazer uma manifestaçãozinha porque?
Acho que com isto, o Governo quer dar uma imagem ao povo, militares sob-controle, repreendidos e impedidos de manifestar-se, para que o povo não tente futuramente manifestar-se também. Para o povo pensar "epá, se os militares que têm armas e treino militar, não podem fazer uma manifestação, nós muito menos!".

fiquem bem...
sílvio

8 comentários:

silvio disse...

No spam here, all spam messages will be deleted

Tecido_humano disse...

fiquei confuso, não existe uma lei que diz que td gente tem o direito a se manifestar desde que isso n seja racismo de nenhuma forma? ....

«Não mates, Não morras..... Deserta!!!»

silvio disse...

Parece que os militares não têm esses direitos "civis", foi o que falou o sr ministro da defesa...
Lembro-me quando estava na tropa, os gajos diziam-nos que : MESMO que um oficial não tivesse razão, tínhamos que ser nós a admitir estar errados (mesmo não estando) e dar razão ao oficial
:-(

Anónimo disse...

Politicamente os militares e para-militares são carne para canhão.
Ainda mais escravos sem valor do que nós.
E os governos são meros biombos para esconder o verdadeiro poder. E para nós julgarmos que ainda somos independentes como país.
Globalização dixtit.

Tecido_humano disse...

ainda bem que desertei =D

SinDRomE disse...

Eu não entendo uma coisa.

Racistas, xenófobos, neo-nazis e homofóbicos de extrema direita levam carta branca para fazerem manifestações quando querem e lhes apetece. Apenas para causar revolta social.

E os militares que estão a dar o corpo por algo em que acreditam, seja certo ou errado agora não interessa, não podem abrir o bico. Caem-lhes em cima de todos os lados. Como os do topo estão bem, eles também têm que estar, mesmo sendo os escravos que são.

silvio disse...

mas se um dia os militares se passarem da cabeça e se revoltarem? Eles têm acesso a armas, eheheh.
Eu acho que só não houve uma revoçução porque os oficiais é que tewriam que organizar algo assim, e eles estão a receber o dinheirinho deles $ e bem tratados pelo governo.
Os soldados mais abaixo na hierarquia é que estão mal.
Mas um dia que os oficiais fiquem descontentes, ainda armam uma revolução.
O governo se quer ter o rabinho protegido, tem que continuar a tratar bem os oficiais militares ,senão acabar-se-á a estabilidade.

Anónimo disse...

"epá, se os militares que têm armas e treino militar, não podem fazer uma manifestação, nós muito menos!".

ou então não!