segunda-feira, outubro 24, 2005

Estudar o ADN de milhões de pessoas!?

O National Geographic lembrou-se de estudar os ancestrais daas pessoas, um mega-projecto.
Vão recolher amostras de adn de Milhões de pessoas pelo mundo inteiro...
Será que só querem fazer um estudo inofensivozinho ?
http://www5.nationalgeographic.com/genographic
.

3 comentários:

Anónimo disse...

Acho que é só mais uma daquelas desculpas bonitas para devassarem os nossos padrões imunologicos. Comigo não contem!
Passo bem sem saber quem foram os ancestrais do meu corpo físico.
Que miseráveis!

Anónimo disse...

E nós entretanto somos os que estamos mais proximos dos objectivos da globalização: só muito ricos e escravos.

Para assinalar o Dia Mundial para a Erradicação da Pobreza, que se assinala na segunda-feira, várias organizações portuguesas vão lançar um apelo para que o país coloque a pobreza e a desigualdade no debate público, deixando de se concentrar apenas na discussão sobre crescimento económico e redução do défice do Estado.

«Portugal é de longe o país da União Europeia (UE) onde os ricos são os mais ricos e os mais pobres são os mais pobres», declarou à Lusa João José Fernandes, responsável do conselho directivo da Oikos - Cooperação e Desenvolvimento.

As 100 maiores fortunas portuguesas representam 17% do Produto Interno Bruto e 20% dos mais ricos controlam 45,9% do rendimento nacional.

Para João José Fernandes, estes dados mostram que Portugal necessita de uma política redistributiva e de «encarar de frente o problema da desigualdade».

silvio disse...

e olha quem quizer comprar o "kit adn" para dar a amostra de adn a eles, tem que pagar 100 euros pelo kit.
Os dados todos ficam no site national geographic e a pessoa pode fazer login com uma senha para consultar os seus dados geneticos.
Será seguro? mesmo que digam, eu DUVIDO.
pois os hackers entram facilmente em sites de Bancos, acedendo aos dados dos clientes, também entrarão nesse site. Ou melhor, o que será que o National geographic fará com esses dados geneticos de milhões de pessoas? Se surgirem compradores (aqueles que fabricam armas biológicas) oferecendo uns triliões de dólares, os gajos vão recusar? pois...pois..
O Próprio Pentágono poderia pedir dados geneticos dos chineses, por exemplo, para inventar uma nova pandemia...

Não é à toa que se diz que o código genético é o "livro da vida", é nosso código, devia ser inviolável.
Analisando o adn ficarão a saber todas as nossas fraquezas imunológicas...