quinta-feira, janeiro 26, 2006

Em tempo de Crise há quem tenha reformas milionárias

Os políticos só falam na "crise", que temos que "apertar o cinto", mas a crise só existe para nós? Provavelmente é treta, se houvesse crise eles não receberiam reformas milionárias não é? Porque é que eles não apertam o cinto? Podiam apertar era o nó da gravata e enforcarem-se, faziam um favor á pátria.. :-)
Vejam esta noticia:
Dezenas de ex-governantes e deputados recebem reformas de luxo do Banco de Portugal. Para além da pensão, os reformados mantêm as regalias sociais a que tinham direito quando estavam em funções, como o carro e o cartão de crédito.

Ao mesmo tempo, as reformas são actualizadas a cem por cento e podem ser acumuladas com qualquer outra pensão da Caixa Geral de Aposentações.
Campos e Cunha usufrui da reforma mais elevada. O ex-ministro das Finanças de José Sócrates foi vice-governador do Banco de Portugal. Em 2002 terminou as suas funções, tendo ficado com uma reforma de oito mil euros.
Tavares Moreira e Miguel Beleza recebem, cada um, 3062 euros depois de se terem reformado do cargo de técnico consultor.
O recém-eleito Presidente da República, Cavaco Silva, reformou-se da função de técnico consultor em 2004 por ter atingido o limite de idade. Ficou a receber uma reforma de 2679 euros.
A SIC contactou o Banco de Portugal que se recusou a prestar qualquer comentário.


(quem cala consente)
ESTA noticia está no site da Sic online aqui.

2 comentários:

rules disse...

Podes crer, quem cala consente. Em resposta ao teu comentário posso te dizer que não vai ser um partido, será mais um movimento de cidadãos que não se reunem para falar, mas sim para planear acções de "despertar de consciências".
A estrela tem várias intrepretações, mais podes sugerir outro simbolo.

silvio disse...

não vou sugerir outro simbolo, apenas comentei o significado do pentagrama :-)
se é para despertar consciências a internet é também um optimo meio..
se for preciso contem comigo,
podemos todos fazer parceria de links, textos, informações...etc...