sábado, maio 27, 2006

Selo do carro via internet

O selo do carro, irá passar a comprar-se online. Este ano podemos optar , as empresas são obrigadas a comprar via net. Eu acho que isso vai ser uma grande "Banhada", pura e simplesmente porque o site das finanças é uma Bosta, sem papas na língua, repito, Uma bosta.
O governo Português devia aprender aalojar sites em servidores de jeito, capacitados para a quantidade de tráfego que recebem. Nos últimos anos, costumo visitar sites do governo, seja do ministério das finanças, da cultura, portal do cidadão, qualquer um, e é frequente lentidão nos sites, ou páginas com erro, links quebrados, enfim.. E independentemente do computador que acesso, já acessei de casa, já acessei em computadores na Biblioteca Municipal e no emprego, com banda larga, a lentidão de facto é nos sites do governo. Este ano, pela segunda vez consecutiva, os cidadãos que tentaram declarar IRS online, a maioria deles, teve problemas porque o site ficava indisponível, ou dáva erro, isto devia-se ao demasiado tráfego, ou á incapacidade dos servidores onde o site estava alojado. Algo corria mal. Por isso eu nunca declarei os impostos no site. Quanto ao selo do carro, pedir o selo online, deve ser o mesmo problema. Além disso temos o prazo de 1 mês para pagar, será suficiente? Pedir o selo online, esperar uma semana (ou mais) até o Ministériod as Finanças enviar o selo por correio ( contar também com a lentidão dos ctt) rezar para que os ctt não percam a carta. Depois paga-se como, online? Ou nas finanças? Se for para pagar nas finanças mais valia comprar lá o selo.
E os milhares de portugueses que não tiverem net ? Vão a uma biblioteca com computadores, ou _as finanças e pedir ao funcionário que encomende o selo online? Além disso, este ano brindaram-nos com um aumento de mais de 2% no preço dos selos...
Aqui fica uma imagem de recordação, bastante comum, do site das finanças offline.

Sem comentários: