terça-feira, abril 25, 2006

Dia da "liberdade"

Hoje , 25 de Abril, celebra-se mais uma vez o dia da "liberdade" de Portugal. Os cravos representam a revolução-dos-cravos desse dia. Então coloquei os cravos atrás das grades, para simbolizar a nossa liberdade enjaulada. O povo pensa que está livre, e dentro dessa ilusão, julga-se livre e não se apercebe que é uma liberdade ilusória.
É certo que hoje temos muitas coisas que antigamente não se tinha, ora essa, mas temos mais impostos, se geramos mais riqueza $ também somos mais explorados $ pelo Estado, impostos e mais impostos, políticos corruptos, ditadura disfarçada , enfim, isto são sintomas de uma sociedade livre?
Entre grades invisíveis ninguém se apercebe, e continua achando que é livre...

Existe liberdade de expressão?
Então porque é que foram apreendidos computadores no "24 Horas" após publicarem-se matérias sobre o envelope.9 ?
Porque é que a revista "Visão" após tocar no assunto da nova polícia secreta, nunca mais publicou nada sobre isso? Perguntei-lhes por email, e há dois meses que não recebi resposta nenhuma deles.
O governo não mente?
Porque é que Sócrates prometeu baixar impostos mas fez precisamente o oposto? Porque é que Freitas do Amaral disse que não passaram voos da CIA em Portugal?
Temos privacidade ?
Então porque passam a gravar-se os nossos emails, sms e telefonemas por tempo indefinido?
Porque é que vamos ter chips em tudo (cartão do cidadão, carta de condução, etc) e querem criar uma base de dados genéticos dos cidadãos? Isto é liberdade?
Voce ainda vive na MATRIX (realidade ilusória) acorde, saia da matrix.

Sem comentários: